É totalmente visível o fato de que o mercado de NFTs (non-fungible tokens) está tomando conta do mundo todo e influenciando diversas pessoas e empresas.

Para alguns ainda se trata de uma enorme bolha prestes a estourar, mas o movimento positivo do mercado talvez esteja nos demonstrando que falamos sobre a tecnologia do futuro.

Na penúltima semana de janeiro um assunto fora muito repercutido na mídia, pois, ninguém menos que o Neymar Jr. Adquiriu 2 nfts pela bagatela de aproximadamente 6 milhões de reais. As imagens digitas compradas pelo jogador tratam-se da série Bored Ape Yacht Club (BAYC), em outras palavras, “macacos entediados” e ao utilizá-la nas redes sociais, mais precisamente como foto de perfil do Twitter, publicou: “Sou um macaco”, fazendo referência à famosa marca de NFTs.

De acordo com os dados do OpenSea, o qual é o maior marketplace de nfts do mundo, Neymar teria gasto cerca de 1,1 milhões de dólares, equivalendo a 159,99 ETH (ethereum) pelo BAYC #6633 e 189,69 ETH pelo BAYC #5269. Ainda, os dados demonstram que o jogador adquiriu um endereço de carteira personalizado, renomeando o código geralmente de números para o nome: “EneJay”, o qual seria de acordo com as iniciadas de seu nome.

Ainda com base nos dados dispostos, podemos visualizar que Neymar Jr. pretende continuar navegando na onda de criptomoedas e NFTs, pois o mesmo havia depositado ainda mais dinheiro em sua carteira, aproximadamente 1,53 milhões de dólares, ou seja, 8,26 milhões de reais.

Além da ostentação, claro, a marca BAYC garante um status diferente a quem possui os NFTs. No caso, o grupo seleto de milionários e bilionários que possuem os tokens podem se reunir em canais de discord reservados, além de conter acesso a camarotes em grandes baladas de Las Vegas, Nova York e demais eventos pelo mundo.

Alguns dos exemplos mais conhecidos de pessoas que possuem esta coleção de tokens são: o rapper Eminem, o apresentador Jimmy Fallon, o jogador da NBA Stephen Curry, dentre outros.

Consequentemente ao sucesso da compra dos nfts por atores, músicos e jogadores famosos, assim como demais marcas famosas de todo o mundo, o Twitter não perdeu tempo e programou-se diante esta novidade, permitindo, assim como no caso de Neymar o uso dos nfts como foto de perfil, integrando-se à carteira de criptomoedas.

Os assinantes do serviço Blue do twitter por IOS garantem esta opção, e, diferentemente das fotos de perfis normais, as imagens nfts aparecem em um formato hexagonal. Ainda é um passo modesto comparado a outras empresas, porém, estamos falando de outra gigantes das redes sociais que tem se programado para aderir ao mundo de tokens não fungíveis e demais criptoativos.

A empresa Meta também afirmou que não ficará de fora, além da proposta envolvendo o metaverso, o Facebook e Instagram, de acordo com o próprio CEO Mark Zuckerberg, estarão disponibilizando aos usuários a possibilidade de criar, utilizar e vender os nfts pelas próprias redes sociais.

Além das redes socias, outras marcas mundialmente famosas já aderiram aos tokens não fungíveis ou estão criando planejamentos de inserção a esse mundo, como por exemplo: Ferrari, Ubisoft, Pizza Hut, Pringles, Nike, Adidas, Samsung e tantas outras.

Pelo nível das empresas citadas acima podemos perceber que há um padrão se iniciando e, com certeza, ficar de fora desta revolução digital talvez não seja tão interessante, sendo que a própria internet em sua criação já foi taxada como uma bolha especulativa e, atualmente, acredito que não consigamos viver sem ela.

Enfim, achávamos que o ano de 2021 havia sido o mais promissor para os nfts, mas pelo que tudo aparenta, estamos tratando de uma tecnologia cada vez mais consolidada e que demonstra uma ótima aceitação, não apenas pela população, mas também pelas empresas em geral.

Portanto, não deixe de acompanhar as próximas postagens da Assert Tech, pois com certeza ainda há muitas curiosidades e notícias referentes a novas tecnologias que encontraremos por aqui.